Ieper: a cidade assombrada…

Estudar num país estrangeiro tem a sua piada. No entanto há coisas que por vezes nos deixam
um pouco frustrados.
Exemplo disto é uma visita de estudo que fizemos a Ieper (Ypres em Francês), para visitar uma empresa.
Até aqui tudo bem…
O pior mesmo foi ter que andar uns 2 quilometros com 0º de temperatura até uma fabrica… de tecelagem 😦

Desilusão… Chegámos lá esfomeados e esfomeados de lá saimos. Mas não sem antes roubar umas Coca-Colas
(pois é, espírito Tuga é assim… tramado :p)

Depois fomos ver um pouco a cidade.
Por toda a cidade existem monumentos em homenagem a todos os que perderam a vida naquele local.

Memorial

Durante todo o dia esteve uma neblina constantemente presente enquanto passeávamos.

paisagem 1

catedral

O nevoeiro transformou toda a paisagem numa espécie de sonho étereo.
Não sei se era do nevoeiro ou do frio, mas a cidade parecia fria e triste…

Todavia, é um local muito bonito e aconselho a todos a visitarem-no.

Comments (1)

“Molhinho” em Gent

As aulas aqui são porreiras…

No dia 18 de Fevereiro, numa aula sobre a historia e a cultura da Bélgica, tivemos direito a uma visita de estudo.
Volta e reviravolta toda a turma Erasmus acabou por ir a Gent em vez de ir a Brugges (como estava programado).

Gent é um sítio belíssimo…

Ainda antes de ver a cidade, fomos ao S.M.A.K (museu de arte contemporânea) ver uma instalação de Paul McCarthy.
Esta instalação é uma forte crítica à cultura americana. Não a aconselho a quem é facilmente influenciavel por doses
indústriais de Ketchup (literalmente).

SMAK

pirata do kethup…

Bush

Mas não vimos apenas Ketchup e meninas desnudadas.
Vomos tambem dar um passeio pela cidade, cuja a praça central (Grothe markt) é património da humanidade.
Sem mais paleio, regalem os olhos 😉

dsc00854.jpg

torre escondida

igreja de St Niklas

Igreja de St Niklas 2

escultura de S.Pedro

Comments (1)

Viagem a Antuérpia

No meu 3º dia em Kortrijk, decidi visitar Antuérpia a convite do tipo que me arranjou o quarto onde estou.

Antuérpia é a segunda maior cidade da Bélgica e o maior centro mundial de lapidação de diamantes.
No bairro dos diamantes, não é possível dar 2 passos ser ser observado por 2 ou 3 camaras.

Mais engraçado ainda é o facto de nesse bairro quase todos os transeuntes
são judeus ortodoxos.
Muito me ri eu ao ver um judeu ortodoxo, com o seu auricular bluetooth, a falar para o ar enquanto mexia na sua trancinha.
Vi inclusive uma Sinagoga mesmo ao lado do banco dos diamantes 😮

Quem disse que religião e economia andam de mãos dadas obviamente foi a Antuérpia…

fachada da estação central

interior da estação central

estação central de antuérpia

prédio na rua do mercado verde

catedral

fachada principal da catedral

camara municipal de antuérpia

fortaleza à beira rio

Deixe um Comentário

Mas afinal, onde estou eu?

Para aqueles que ainda não sabem, a cidade onde estou chama-se Kortrijk
(ou Courtrai, em francês).

Apesar de ser uma cidade relativamente pequena, possui muitos monumentos
e edifícios góticos lindissimos.

dsc00722.jpg

3

dsc00726.jpg

4

dsc00765.jpg

Por agora é o que tenho para mostrar sobre Kortrijk, mas mais fotos virão em breve.

Deixe um Comentário

Porquê Batatas fritas com maionese?

Olá a todos.
Tal como prometi, aqui está o blog onde vou relatar as minhas viagens pela terra do Chocolate:

A Bélgica


Batatas com maionese

O título do blog é estranho, mas enquadra-se perfeitamente nos hábitos das pessoas que habitam neste país.
Aqui, o prato favorito são as batatas fritas acompanhadas por maionese.
É quase como as nossas castanhas
(apenas com a diferença das batatas serem vendidas o ano inteiro).

Podem esperar fotos em breve,
por isso dêem uma olhadela de vez em quando.

Comments (1)